Depois das 18h, só vale comer de garfo!


Segundo estudo francês, a tática de fugir dos alimentos que até podem, mas não necessariamente precisam, ser comidos com garfo ajuda na eliminação da gordura abdominal. Dá pra secar até 1 kg por semana!

Sua última refeição foi às 16h e, quando você chegou em casa, às 20h, já estava morrendo de fome. Aí, começa o ataque: um pedacinho de queijo aqui, outro de pão ali, depois aquele super prato de massa e, quem sabe, um docinho de sobremesa. É, então está na hora de mudar seus hábitos. Segundo a nutricionista Roseli Ueno, "nossa alimentação deve consistir em um café da manhã de rainha, um almoço de princesa e um jantar de plebeia". E mais: como não há regras muito rígidas e é fácil de seguir, o método também é ótimo para quem quer manter o peso depois de ficar magrinha como as francesas.

Garfos ao alto!

A partir de agora, esse talher vai ser seu melhor amigo. Agarre-o e confira abaixo a lista de alimentos que você pode espetar e comer. Veja também os alimentos que - por poderem ser consumidos também com as mãos, colher ou faca - devem passar longe do seu prato:

Tá liberado:

  • Omelete (use 1 ovo e 2 claras);
  • Frango grelhado em tiras;
  • Legumes cozidos como vagem, chuchu, cenoura, abobrinha;
  • Salada de folhas e tomate;
  • Peixes grelhados (a carne é macia, dá para comer só com o garfo);
  • Grãos: soja, lentilha, grão-de-bico e ervilha.

Passe longe:

  • Frutas que precisam ser descascadas: melão, banana, abacate;
  • Alimentos fritos: batata, polenta, mandioca;
  • Sopas;
  • Bolos;
  • Massas e pizza;
  • Chocolates;
  • Doces e sobremesas.

Por que a tática funciona?

Comer à noite é ruim A constatação mais óbvia para comprovar o funcionamento dessa dieta é que, realmente, devemos comer menos à noite. "Na verdade, essa dieta tende a incluir proteínas animais e vegetais e excluir carboidratos", diz Roseli. Segundo a nutricionista Vivian Goldenberger, do Emagrecentro, "depois de jantar, temos poucas horas para queimar calorias antes de dormir. E o metabolismo está mais lento por causa do estágio do sono. Então, ao comer muito à noite, acabamos acumulando mais gordura abdominal".

O segredo está nas porções

Quando comemos com as mãos - uma coxinha, um pedaço de bolo -, a quantidade de alimentos a cada mastigação depende da nossa mordida, certo? "Com o garfo é diferente, é ele que determina o volume da porção. Isso faz com que a gente coma menos e mastigue com mais calma", explica Roseli. Segundo ela, quando mastigamos pequenas porções e mais devagar, o alerta de saciedade emitido pelo cérebro é acionado antes. Logo, comemos menos.

Adapte as refeições

A nutricionista Roseli Ueno preparou um cardápio que segue todas as regras da dieta do garfo, menos a de comer três vezes ao dia. "Nesse cardápio, temos cinco refeições equilibradas e ricas nutricionalmente. Afinal, o organismo precisa de nutrição para manter a atividade do metabolismo e queimar adequadamente as calorias", explica. Por isso, confira abaixo o cardápio de 1.200 calorias que queima até 1 kg por semana!

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF